SPINCYCLE

O projeto da SPINCYCLE foi pensado a partir do conceito de um espaço de transformação e experiência que une corpo, mente e alma. O programa de necessidades se divide em recepção, sala de bike, sala de treino de força e vestiários; distribuídos em térreo, subsolo e primeiro pavimento.

Para reforçar a integração desejada entre o espaço externo e interno, algumas soluções foram aplicadas: o piso da calçada se estende e adentra o estúdio, o mesmo material da fachada é aplicado ao longo das paredes internas e o acesso foi orientado para a passagem de pedestre da fachada lateral, que junto com o longo banco fixo, conecta esse fluxo com a recepção, convidando o usuário a permanecer e não apenas passar.

A escolha de revestimentos se restringiu à uma paleta de cores neutra e clara, onde materiais brancos de diferentes texturas; presentes nas fachadas, paredes internas, corrimão, iluminação e mobiliário fixo; foram aplicados juntamente com o cimento queimado, concreto aparente e concreto usinado; presentes na escada, balcão de atendimento, estrutura e piso. Essa seleção de materiais se justifica no intuito de criar um grande contraste com as escuras salas de bike e de treino de força.

Para o primeiro pavimento, que abrange os vestiários, administração e copa; a escolha de materiais se manteve pautada em uma paleta neutra e clara, com exceção da laje existente que recebeu pintura preta para disfarçar as imperfeições. A iluminação dos boxes foi embutida na alvenaria seguindo a paginação do revestimento de parede.

Com as salas de bike e treino de força escuras, as luzes e a música, se tornam condicionantes para que o usuário seja o protagonista. Com a sensação do coração pulsar o usuário se desliga por alguns instantes da sua vida lá fora e se volta ao seu interior. Ao fim, sensação de alma lavada.

Ano do projeto: 2020

Equippa responsável: Priscila Gabriel, Gabriela Schinzel, Isadora Burjack, Maria Araújo

Crédito fotográfico: Júlia Totoli